01 de janeiro, 2019
1059

Filho propaga vídeo com baixarias de Bolsonaro, por Josias de Souza

Blog do Josias UOL * via Brasil247 - Filho propaga vídeo com baixarias de Bolsonaro, Não foi ninguém da oposição. Foi o vereador Carlos Bolsonaro, chamado pelo pai-presidente de "meu pitbull", quem difundiu nas redes sociais vídeo com uma coletânea de baixarias pronunciadas por Jair Bolsonaro. Em meio a palavrões, o novo presidente da República ensina na peça que "assaltante precisa é de pancada", revela o seu  desejo de que "matassem 200 mil vagabundos" e exibe para a câmera uma camiseta onde se lê: "Direitos humanos: esterco da bandidagem." Brasil247 em 30/12/2018 - 04h40

Carlos Bolsonaro, o 'Zero Dois' da linhagem do capitão, trombeteou o vídeo no contexto do anúncio feito pelo pai, também nas redes sociais, de que garantirá por decreto "a posse de arma de fogo para cidadãos sem antecedentes criminais." Em tom de deboche, Carlos anotou acima do vídeo: "A esquerdalha chora."

O fundo musical da peça é Tropa de Elite. "Se matar alguém, foda-se", diz Jair Bolsonaro ao discorrer sobre a atividade policial. Ao comentar o ambiente inóspito das cadeias, ele pontificou: "É só você não estuprar, não sequestrar, não praticar latrocínio que você não vai pra lá, porra!"

Numa cena na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Bolsonaro ralhou: "Os senhores não estão preocupados com segurança pública, agindo como mocinhas, como maricas." Noutro trecho, defendeu que policiais devem passar bandidops nas armas. "Ah, atirou com a intenção de matar. É lógico que atirou com intenção de matar, porra. Ele tá com o fuzil na mão! É pra fazer carinho?"

Noutro trecho, Bolsonaro aparece rebatendo a pecha de que cultivaria um preconceito racial. "Racista é o caralho, porra!" Mais adiante, aparece desqualificando defensores do ensino sobre sexo nas escolas. "Isso é covardia com as crianças. Quer queimar a rosca vai queimar, porra. (…) Vai se foder, porra." Em discussão com outro interlocutor, Bolsonaro aconselhou-o a "queimar sua rosquinha onde bem entender."

Dentro de poucas horas, o autor dos comentários vestirá a faixa de presidente da República. 

@CarlosBolsonaro -  A esquerdalha chora! Vamos pra cima!

SOBRE O AUTOR: Josias de Souza (foto) é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

SOBRE O BLOG - A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.

__________________________________________________________
Acesse, curta e recomende o JORNAL DO NASSIF

Participe do BLOG e comente esta matéria (dentro das regras abaixo)!

- Enviaremos um e-mail para confirmar se a postagem realmente é sua e não um fake (seu endereço de e-mail não será publicado, será mantido sob sigilo).
- Os comentários serão moderados e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva do autor do comentário.
- Não serão aceitas mensagens com links externos ao site, em letras maiúsculas, que ultrapassem 1000 caracteres, com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência.
- Não há, contudo, moderação ideológica.
A ideia é promover o debate mais livre possível, dentro de um patamar mínimo de bom senso e civilidade.
Obrigado!

Limite de caracteres no comentário : 1000

Total restante: